Veja alguns direitos do viajante

 

A Fundação de Proteção e Defesa ao Consumidor (Procon) e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) listam os direitos do turista em todos os tipos de viagens, desde a contratação do serviço até o cancelamento de um voo. Confira os principais assuntos:

Escolha do pacote de turismo

O Procon recomenda atenção para a aquisição da viagem: “A oferta por meio de anúncios e folhetos deve conter informações claras e precisas como valores cobrados nas partes aérea e terrestre, categoria das passagens, taxas de embarque, tipos de acomodação, traslados, refeições, guias, número exato de dias e despesas a cargo do consumidor”.

Pesquisa sobre o vendedor

O Procon ressalta a importância de se pesquisar um breve histórico da agência de turismo. O site da entidade lista as empresas reclamadas.

Cancelamento de viagens

Caso a agência cancele a viagem, todos os valores pagos e corrigidos devem ser restituídos, assim como eventuais prejuízos financeiros e danos morais. Caso o consumidor faça o cancelamento, deve avisar com a maior antecedência possível.  Ainda assim, deverá pagar multa de 10% do valor total para cancelamentos a mais de 30 dias da viagem; 20%, entre 30 e 21 dias; e multa superior caso avise a agência em prazo mais próximo à data da partida.

Viagens de navios

Entre outras recomendações, o Procon lembra que tudo o que for oferecido pela agência de viagens deve ser registrado em contrato com identificação completa das partes envolvidas. Importante que este documento também contenha informações quanto a eventuais cancelamentos.

Viagens de ônibus

Preste atenção no estado de conservação do ônibus antes do embarque. Em caso de veículo deteriorado, recomenda-se ao viajante anotar o número de registro do ônibus e guardar o canhoto da passagem para serem usados como comprovantes.  Fotografias também podem ser arquivadas como prova.  

Passagens aéreas

O Procon recomenda, neste caso, cuidados desde a compra. No momento da reserva da passagem, registre o nome do atendente e o código localizador. Ao retirar o bilhete, confira data, hora, validade, local de embarque e número de voo.  O consumidor tem até sete dias para cancelar a passagem em compras por telefone ou internet.

Atrasos de voo

O passageiro que comparecer ao embarque de um voo atrasado tem direito a receber assistência material para comunicação (a partir de uma hora de atraso), alimentação (a partir de duas horas) e acomodação e transporte (a partir de quatro horas). Atraso superior a quatro horas envolvem ainda opções de hospedagem ou reembolso.

O viajante tem direito a receber de volta o valor integral da passagem (incluindo tarifa de embarque), remarcar a viagem, sem custo, para dia e horário de conveniência ou embarcar no voo seguinte para o mesmo destino se o atraso ou cancelamento ocorrer no aeroporto de origem.
Caso esteja em conexão, além do reembolso integral ou parcial (caso deseje ficar na cidade em que se encontra), o passageiro tem direito de retornar ao aeroporto de origem, sem qualquer custo, remarcar para outra data, embarcar no próximo voo ou então concluir a viagem por outro meio de transporte.

Alterações de voo

As empresas podem alterar horários de seus voos mesmo depois da compra da passagem, mas o passageiro deve receber todas as informações relativas ao transporte. O viajante também pode solicitar alterações, mas elas são realizadas de acordo com a disponibilidade da empresa aérea e também gerar custos adicionais.

Mais dúvidas

A Anac tira uma série de dúvidas específicas, como de deficientes físicos, recém-nascidos e deficientes visuais, entre outras, em seu site.

Praias brasileiras concorrem a certificado ambiental

A instituição Foundation for Environmental Education (FEE), formada por organizações não governamentais de 46 países, concede todo ano uma certificação para praias e marinas de todo o mundo. Para serem eleitas, as candidatas precisam atender a cerca de 30 critérios, entre eles, apresentar programas de educação ambiental, de coleta seletiva de lixo, infraestrutura de banheiros e telefones.

Natal

A praia do Tombo, no Guarujá (SP); a Prainha, no Rio de Janeiro (RJ) e a Marina Costabella, em Angra dos Reis (RJ) podem continuar com a certificação, chamada Bandeira Azul, para a temporada 2013/2014. A Marinas Nacionais, no Guarujá (SP), se candidatou pela primeira vez.

Em 25 anos, o programa já certificou quase quatro mil praias e marinas em 46 países. A documentação será encaminhada a um júri internacional que se reunirá no dia 10 de setembro para avaliar os candidatos dos países do Hemisfério Sul. O resultado final para a temporada 2013/2014 será divulgado nos primeiros dias de Outubro. As vencedoras recebem uma bandeira com a certificação que será hasteada na praia até no máximo dia 15 de dezembro.

No Brasil, apenas duas praias possuem a certificação: a praia do Tombo, no Guarujá, litoral sul de São Paulo, e a Prainha, localizada na zona oeste do Rio de Janeiro. A praia de Jurerê Internacional, em Florianópolis, perdeu a qualificação em janeiro de 2011 por descumprir critérios ambientais. Jurerê foi a primeira praia da América do Sul a obter a aprovação da Bandeira Azul, em 2009. A Marina Costabella, em Angra dos Reis (RJ), é a única marina brasileira que conta com o título.

Atento a qualidade de suas praias, o Ministério do Turismo (MTur) desenvolveu uma série de ações voltadas para a educação ambiental e melhoria da infraestrutura nas praias brasileiras. Entre elas, destacam-se o Passaporte Verde, um programa de estímulo à adoção de práticas de turismo sustentável, com a distribuição de material informativo, obras de despoluição e saneamento, acessibilidade, melhoria da infraestrutura das barracas e sinalização.

“Turismo, meio ambiente e sustentabilidade andam juntos. Precisamos estimular o consumo consciente de nossos visitantes, queremos aprofundar os nossos esforços para ampliar os ganhos para o Brasil e o mundo”, defende o ministro do Turismo, Gastão Vieira.

O júri do programa é formado por instituições brasileiras e internacionais. No Brasil, o MTur é um dos principais integrantes, que reúnem Ministério do Meio Ambiente (MMA), Secretaria do Patrimônio da União (SPU) e Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SBA).

IMG_1321

MAIS UMA PESQUISA NACIONAL APONTA NATAL COMO MELHOR CIDADE DO BRASIL PARA O TURISMO

Image

Depois da pesquisa do Ipeturis, do Ministério do Turismo, feita entre operadores do turismo de todo o país, e publicada na primeira quinzena de julho, apontando Natal como o terceiro destino mais procurado no Brasil nas férias de julho, agora foi a Aviesp – Associação das Agências de Viagens do Interior do Estado de São Paulo, que revelou os mais recentes números de uma pesquisa pra lá de confiável, que apontam o destino Natal como o melhor do país para o turista.

A pesquisa, publicada hoje no e-Turismo, blog do jornalista Antônio Roberto Rocha, no portal do jornal Tribuna do Norte, somada à pesquisa de 15 dias atrás, mostra que uma recente pesquisa feita em Natal, apontando o caos no turismo, não reflete à realidade…até porque a pesquisa local foi feita com pessoas na capital, e não nos pólos emissores, sendo impossível fazer a comparação com outros Estados.

Segundo a pesquisa da Aviesp, o Rio Grande do Norte é o segundo Estado e Natal a melhor cidade para turistas.

Eis o resultado:

Estado brasileiro
1º lugar – Ceará
2º lugar – Rio Grande do Norte
3º lugar – Alagoas

*

Cidade brasileira
1º lugar – Natal
2º lugar – Fortaleza
3º lugar – Rio de Janeiro

A pesquisa também apontou duas agências de receptivo com atuação em Natal.

Luck, que opera em Natal, mas também em outros Estados, foi a campeã entre as agências do ramo. E a Potiguar Turismo, que opera exclusivamente em Natal, ficou em terceira colocação entre as empresas do ramo de todo o país.

O que significa que o destino não está tão capenga como tentam difundir…

Vale afirmar que nenhum turista, quando escolhe um destino, quer saber se Prefeitura ou Governo estão investindo, limpando ruas, consertando imperfeições.

As praias, comida, povo hospitaleiro…são suficientes na hora da escolha.

ImageImageImageImageImageImageImageImageImageImage

 

Turismo amplia centro de convenções em Natal

Espaço será ampliado em cinco mil metros quadrados e terá dois auditórios revitalizados

 

O Rio Grande do Norte vai receber R$ 30 milhões para a ampliação do Centro de Convenções que fica na Via Costeira em Natal. O recurso fomentado pelo Ministério do Turismo faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Turismo. A intenção é descentralizar o mercado de eventos, hoje ainda fortemente concentrado no eixo Rio-São Paulo.

“Um de nossos critérios de priorização do investimento é pela conclusão de obras ou aquelas que possam ser iniciadas de imediato” afirmou o ministro do Turismo Gastão Vieira. O setor é um dos mais importantes e de maior vitalidade para a economia turística do país.

O secretário de Turismo do Rio Grande do Norte, Renato Fernandes, diz que a ampliação servirá para abrigar grandes eventos. O recurso também será utilizado para reformar dois auditórios, um com 800 lugares e outro com 150. Hoje o centro de convenções tem 12 mil metros quadrados.

Os organizadores de eventos ocupam a primeira posição entre os segmentos turísticos que mais aumentaram seu faturamento em 2012. O segmento cresceu 23,3% em relação ao ano anterior, de acordo com a 9ª Pesquisa Anual de Conjuntura Econômica do Turismo (Pacet), realizada pela Fundação Getúlio Vargas. O setor de turismo de negócios e eventos é o segundo maior fator de atração de visitantes estrangeiros para o Brasil: 25,6% dos turistas internacionais vêm ao país com essas finalidades, e seu gasto médio diário, US$ 127, é quase duas vezes maior que o desembolso dos turistas de lazer.

“A inclusão do turismo no PAC é um sinal de que o governo brasileiro reconhece a importância do setor para a economia do país e seu papel de blindagem contra crises internacionais”, afirmou o ministro do Turismo, Gastão Vieira. De acordo com ele, a economia turística cresce acima do PIB nacional e grandes eventos esportivos, como a Copa das Confederações, a Copa do Mundo FIFA 2014 e a Olimpíada de 2016  já dão visibilidade e consolidam o país como um dos principais destinos turísticos do mundo.

ImageImageImage

Ipeturis aponta Natal como terceiro destino turístico do Brasil no inverno

 

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas, Estudos e Capacitação em Turismo (Ipeturis) apontou Natal como terceiro destino turístico do Brasil.
 
O estudo foi encomendado pelo Sindicato das Empresas de Turismo no Estado de São Paulo (Sindetur-SP) e revela que no inverno o fluxo turístico deverá crescer acima de 26% em todo o país.
 
O Ipeturis analisou a expectativa de movimentação de viagens organizadas na temporada de inverno 2013 e constatou que para 36,6% das operadoras e agências de turismo a movimentação este ano será bem maior em relação aos resultados alcançados no ano anterior, especialmente no que se refere às viagens domésticas.
 
A pesquisa ainda apontou que 46,8% dos turistas optarão por destinos nacionais enquanto 53,8% darão preferência a viagens ao exterior.
 
Nos destinos nacionais a serem mais procurados nos próximos meses, Natal obteve 9,1% das preferências. A capital do RN foi superada por Gramado em primeiro lugar com 12,6% e Fortaleza (12,1%). Natal superou Rio de Janeiro (8,6%) e São Paulo (6,7%).
 
A alta do câmbio foi um dos principais fatores citados pelos entrevistados como motivador para o incremento do turismo interno. 
 
Além disso, o aumento do poder aquisitivo do brasileiro e mais facilidade de acesso ao crédito são as justificativas mais destacadas para as expectativas otimistas.

*Com informações da coluna Hoje na Economia

 
Fotos de Natal/RN:
 
Image

Festival Cachaça Gourmet começa hoje em Natal

Por Solto na Cidade

Image

Começa neste quinta-feira (18) de julho, em 20 restaurantes de Natal e região metropolitana o Festival Cachaça Gourmet. O objetivo do evento é difundir a cachaça como um ingrediente que pode dar sabor especial aos pratos, além de exaltar a importância dessa bebida genuinamente brasileira e também movimentar o mercado gastronômico na região. 

Durante os dez dias de festival, o público terá a chance de experimentar e eleger o melhor prato e o melhor coquetel. Além do voto popular, os jurados também vão escolher representantes de três categorias: Melhor Apresentação, Melhor Sabor e Harmonização e Melhor Criatividade e Originalidade. 

A premiação do melhor prato e do melhor coquetel será no dia 3 de agosto, na festa de encerramento, na CBTU, a partir das 18h. A programação vai contar com shows de Arleno Farias, Robson Farias, Debinha e DJ´s. Haverá também degustação das 20 marcas de cachaça e dos pratos que estão participando do festival.

Os vouchers para os restaurantes podem ser comprados antecipadamente, até o dia 18 de julho, pelo site www.sympla.com.br/festivalcachacagourmet. Os ingressos para a festa de encerramento também já estão à venda no mesmo endereço, ao preço de R$30 (individual) e R$50 (par). 

SERVIÇO | FESTIVAL CACHAÇA GOURMET 
Dias: 18 a 28 de julho de 2013 
Informaçõeswww.facebook.com/cachacagourmet

FESTA DE ENCERRAMENTO
Dia: 3 de agosto (sábado)
Hora: 18h
Local: Pátio da CBTU (Ribeira)
Atrações: Arleno Farias, Robson Farias, Debinha e DJ´s 
Ingressos: R$30 (individual) e R$50 (par) pelo site www.sympla.com.br/festivalcachacagourmet

 

A lista completa dos restaurantes participantes: 

Image

Festival Cachaça Gourmet começa hoje em Natal

Por Solto na Cidade

Image

Começa neste quinta-feira (18) de julho, em 20 restaurantes de Natal e região metropolitana o Festival Cachaça Gourmet. O objetivo do evento é difundir a cachaça como um ingrediente que pode dar sabor especial aos pratos, além de exaltar a importância dessa bebida genuinamente brasileira e também movimentar o mercado gastronômico na região. 

Durante os dez dias de festival, o público terá a chance de experimentar e eleger o melhor prato e o melhor coquetel. Além do voto popular, os jurados também vão escolher representantes de três categorias: Melhor Apresentação, Melhor Sabor e Harmonização e Melhor Criatividade e Originalidade. A lista completa dos restaurantes participantes está disponível no www.facebook.com/cachacagourmet 

A premiação do melhor prato e do melhor coquetel será no dia 3 de agosto, na festa de encerramento, na CBTU, a partir das 18h. A programação vai contar com shows de Arleno Farias, Robson Farias, Debinha e DJ´s. Haverá também degustação das 20 marcas de cachaça e dos pratos que estão participando do festival.

Os vouchers para os restaurantes podem ser comprados antecipadamente, até o dia 18 de julho, pelo site www.sympla.com.br/festivalcachacagourmet. Os ingressos para a festa de encerramento também já estão à venda no mesmo endereço, ao preço de R$30 (individual) e R$50 (par). 

SERVIÇO | FESTIVAL CACHAÇA GOURMET 
Dias: 18 a 28 de julho de 2013 
Informaçõeswww.facebook.com/cachacagourmet

FESTA DE ENCERRAMENTO
Dia: 3 de agosto (sábado)
Hora: 18h
Local: Pátio da CBTU (Ribeira)
Atrações: Arleno Farias, Robson Farias, Debinha e DJ´s 
Ingressos: R$30 (individual) e R$50 (par) pelo sitewww.sympla.com.br/festivalcachacagourmet