10 lugares ou passeios sensacionais em Natal que são pouco divulgados

Fugindo do Morro do Careca, da Fortaleza dos Reis Magos, nossa equipe montou um roteiro com 10 lugares e passeios sensacionais em Natal que são pouco divulgados.  Tem um dos mais belos pôr-do-sol do Brasil, o do Potengi, e ainda eventos na rua como a Quinta Feira do Samba.

Confira a lista:

1) Pôr-do-sol no Potengi

 
Image

Já pensou em contemplar a um belíssimo pôr-do-sol com execuções de canções clássicas regionais e do melhor da Música Popular Brasileira (MPB), tudo isso tendo como cenário o sol se pondo sobre o Rio Potengi? Este é o Pôr-do-sol no Potengi, que acontece todas as terças, quartas e quintas-feiras no Iate Clube de Natal. A entrada é gratuita.

2) Mercado Público da Redinha

Image
Foto: Gunther Guedes

Um dos lugares mais tradicionais de Natal. Foi no Mercado Público da Redinha que o prato típico de Natal nasceu, a ginga com tapioca. A criação é dos anos 50 ou 60 e faz sucesso até hoje. A ginga é um peixinho que é frito com óleo de dendê bem quente e servido em quantidade dentro da tapioca, que é feita a base de goma de mandioca. No local, o visitante pode desfrutar do prato e observar os navios entrando no Porto de Natal.

3) Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes

Image
Foto: Canindé Soares.

A Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, também conhecida como Igreja de Pedra ou Capela de Pedra, está localizada na Praia da Redinha e foi construída pelos veranistas, em 1954, com pedras retiradas do mar. A construção é interessantíssima.

4) Aquário de Natal

Image
Foto: Canindé Soares.

Localizado na praia da Redinha, o Aquário de Natal é considerado o segundo maior do Nordeste e conta com uma média 60 espécies de animais, entre eles mamíferos, (macacos) répteis (tijuaçu, iguanas) anfíbios (rã), peixes de água doce (tambaqui, piranhas, pirarucu, etc), de água salgada (tubarões, moréias, mero, etc) e a atração preferida da criançada: os pingüins. Outra curiosidade do Aquário é a possibilidade de mergulhar com os tubarões lixas.

5) Casa de Câmara Cascudo

Image
Foto: Divulgação

Entrar na história de Câmara Cascudo. Essa é a ideia da Casa Câmara Cascudo, localizada na Avenida Câmara Cascudo, 377, Centro, Natal/RN. Foi lá onde o escritor viveu grande parte de sua vida, sempre foi um endereço de referência da cultura do nosso estado. Móveis de época, entrevistas.

6) Trapiche ou Mirante da Redinha

Image

Um dos lugares mais românticos da cidade. Lá é possível assistir ao pôr-do-sol ou a entrada de navios cargueiros as margens do Rio Potengi.

7) Beco da Lama

Image
Foto: Divulgação

Beco da Lama é uma área do centro de Natal onde estão localizados os bares e os sebos mais antigos da cidade, local conhecido por ser o mais autêntico reduto da boemia natalense desde os tempos em que o bonde ainda circulava pelas ruas da cidade.  O beco e adjacências se firmaram como marco da resistência cultural e artística do Centro da Cidade, com direito até a uma associação, a Sociedade dos Amigos do Beco da Lama e Adjacências (SAMBA), que tem a finalidade de divulgar e preservar as origens da região, onde ficam muitos bares, botecos e restaurantes simples, além de sebos e lojas que ainda vendem e trocam os antigos discos de vinil. “No outro dia visita os sebos da Cidade Alta, passa no Beco da Lama, bebe água de canavial e vai a casa onde morou Luís da Câmara Cascudo”, extraído do livro “Oiteiro” escrito por José Soares, antigo frequentador do Beco da Lama).

8) Quinta Viva do samba

Image
Foto: Divulgação

O projeto Quinta Viva do Samba começou como uma roda de samba informal, que acontecia toda quinta-feira no bar de Nazaré, no Beco da Lama. Divulgado na base do boca-a-boca, o  projeto virou parada obrigatória para quem gosta de samba. Com público cada vez maior, migrou para o Bar Amarelinho, próximo a praça André de Albuquerque, Cidade Alta, e depois se mudou de vez para a própria praça. Hoje, o projeto acontece todas as quinta-feiras, a partir das 19h.

9) Batente das Agulhas

O batente das agulhas é uma formação rochosa em mar aberto localizada a 25 quilômetros da costa de Natal. Considerado o segundo melhor ponto de mergulho do país, o local recebeu esse nome devido a forma das formações rochosas terem o formato de colunas fossilizadas. Recomendado para mergulhadores profissionais, a profundidade máxima do mergulho é de 24 metros e a média 18 metros.

 

10) Parapente na Via Costeira

A sensação de ver toda a paisagem de Ponta Negra sustentado pelo ar pode ser experimentada por quem costuma passar pela Via Costeira, onde grupos de paragliders, praticantes do voo livre com parapente, estão quase que todos os dias flutuando e fazendo manobras com o aparato.  Os visitantes podem consultar instrutores no local e pesquisar preços. Para o paulista Maurício Zatti, 40 anos, Natal oferece condições climáticas perfeitas para a prática.

Parapente-cap-Carteret2

 

 

 

E você indicaria outro lugar bacana de nossa cidade? Deixa um comentário ou envia um e-mail para a gente: contatovivernatal@gmail.com

Anúncios

Um pensamento sobre “10 lugares ou passeios sensacionais em Natal que são pouco divulgados

  1. Concordo totalmente com os 10 lugares citados. É claro que Natal tem mais inúmeros belos lugares e uma página só não cabe todos, mas esse contempla um belo resumo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s