Natal é destaque na “Revista Mergulho” para turistas aficionados em aventura submarina

Por: Airton Bulhões/ No Minuto

 

Durante uma semana o fotógrafo subaquático, João Paulo Cauduro esteve em Natal e a convite da Natal Divers que faz passeios no litoral natalense com turistas nacionais e internacionais que gostam de mergulho onde apreciam a nossa flora e fauna submarina, fez uma matéria para a “Revista Mergulho”.

O resultado desse trabalho pode ser apreciado no belíssimo trabalho que mostra o litoral natalense criando uma opção turística para quem visita nossa cidade. João Paulo Cauduro marcou nas suas lentes nossa cidade onde matéria leva o título – “A capital dos Recifes de Corais”.

Nada melhor do que acompanhar o texto, olhando as fotos de um profissional que mostra  os pontos mais atraentes do litoral potiguar e que a Natal Divers descobriu que nossa cidade tem um potencial enorme que passa a ser destaque no cenário nacional.O fotógrafo João Paulo Cauduro inicia a sua matéria dizendo que não sabe como ele ainda não tinha vindo mergulhar em Natal e que nosso mundo subaquático não perde para ninguém em qualquer outro lugar do planeta.

corais_h1

Vejam que baita divulgação Natal está ganhando totalmente gratuito, sem ter sido gasto uma prata, pelos órgãos que fazem o turismo estadual e municipal. Natal mostra que seu litoral é belíssimo e pode ser visitado por mergulhadores de todo mundo no item turismo contemplativo.

Anúncios

Temporada gratuita do espetáculo Borderline em Natal

Divulgação

O Teatro de Cultura Popular (TCP) recebe a nova temporada de Borderline, espetáculo teatral potiguar que vem colecionando apresentações de sucesso desde a estreia, em agosto do ano passado.

A temporada vai até o domingo (27) e volta na semana que vem, também de quinta a domingo. As oito apresentações são abertas ao público, gratuitas, graças ao Fundo de Incentivo a Cultura (FIC), que contemplou Borderline na edição 2013. As apresentações ocorrem sempre às 20h.

Borderline tem texto e direção de Junior D’alberto e fala do transtorno de personalidade limítrofe, além de provocar a plateia sobre reflexões do comportamento de cada um, seus sentimentos e significados da postura ética e da moral estabelecida.

Ocupação para Semana Santa é destaque entre associados da ABIH-RN

A hotelaria do Rio Grande do Norte comemora os números da ocupação para a Semana Santa. De acordo com levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no RN (ABIH-RN), em Natal a perspectiva da ocupação é de 84%.
 
Para o presidente da ABIH-RN, Habib Chalita, feriados prolongados como a Semana Santa sempre representam boas ocupações para a rede hoteleira. “Em especial esse ano a segunda-feira também será feriado. Ou seja, o turista pode aproveitar ainda mais”, disse.
 
Com a presença do turista em Natal, bares e restaurantes da capital registram bom movimento de clientes. “Estamos felizes pelos associados, que investem e correm atrás para divulgar o destino o ano todo. O bom número da ocupação é reflexo do trabalho e dedicação”, disse o diretor executivo da ABIH-RN, Márcio Guedes.
 
Já na praia da Pipa, a perspectiva chega aos 96%. Contudo, há associados que estão lotados, principalmente por causa dos shows que vão acontecer durante a Semana Santa.
 
Na sexta-feira (18), a dupla Jorge & Mateus é atração principal. Além deles, Luis Marcelo e Gabriel e o DJ José Pinteiro animam a festa na praia.
 
Já no sábado (19), O Rappa se apresenta na Pipa Open Air com as bandas Uskaravelho, André Rangell e São Jó além do DJ pernambucano, Jose Pinteiro, com exclusividade no camarote Pepper’s.
 
Encerrando a Semana Santa, domingo (20) tem Aviões do Forró com o DJ Thiago Mansur e a turma do Xé Pop.
 
Outro número também bastante positivo foi na hotelaria em Mossoró, que cresceu mais de 20% em comparação ao ano passado. Para 2014, a perspectiva de ocupação é de 74,5%.
 
O diretor executivo destacou, em especial, a ocupação na praia da Pipa. “Toda cadeia econômica movimentada pelo turismo sai ganhando: bares, restaurantes, barraqueiros, vendedores de cocos e, acima de tudo, o município de Tibau do Sul com o acréscimo na arrecadação dos recebimentos dos impostos”. “Quem também ganha é o artesanato da cidade com a venda de objetos e lembranças adquiridas pelos turistas”, comentou.
 
Márcio Guedes elogiou que “Pipa tem se notabilizado pelos shows que realiza e esse ano grandes atrações nacionais irão tocar lá. Sabemos que não só pessoas de Natal estão indo para a praia como também turistas de outros estados atraídos pelas belezas naturais, qualidade da rede hoteleira e os shows badalados”.

Vamos passear? 20 dicas de passeios em Natal para a Semana Santa

Se você é natalense ou turista e está na Cidade do Sol, o nosso perfil selecionou algumas dicas fantásticas para aproveitar a nossa cidade ao máximo. Vamos lá!

1) Trilhas no Parque das Dunas: R$ 2

O “Bosque dos Namorados”, área de uso público do Parque das Dunas, ocupa uma área aproximada de sete hectares, com mais de mil e trezentas árvores nativas da Mata Atlântica. Sobre as trilhas, existem três: Perobinha, Peroba e Ubaia Doce. O visitante que participa das trilhas tem com a ajuda de guias especializados e do policial ambiental, oportunidade de conhecer de perto toda a grandiosidade do ecossistema dunar, sua geologia, a fauna e a flora do parque. trilhas abertas ao público são as seguintes:

Trilha Peroba: Recomendada para adolescentes e adultos. O portão de entrada dessa trilha está localizado no Bosque dos Namorados, e o percurso se estende até o mirante. Extensão: 2.400 m (ida e volta) Tempo de percurso: 1 hora e 30 minutos, aproximadamente (ida e volta) Número de pessoas: MÍNIMO: 05; MÁXIMO: 25 ATENÇÃO: Idade mínima para crianças participarem dessa trilha: 10 anos

Trilha Ubaia-Doce: Recomendada para pessoas bem condicionadas fisicamente. O portão de entrada da trilha está localizado no Bosque dos Namorados, e o percurso se estende até o mirante. Extensão: 4.400 m (ida e volta) Tempo de percurso: 2 horas e 30 minutos, aproximadamente (ida e volta) Número de pessoas: MÍNIMO: 05; MÁXIMO: 25. ATENÇÃO: Idade mínima recomendada para crianças parciparem dessa trilha: 13 anos.

Trilha Perobinha: Recomendada para crianças a partir de seis anos de idade e adultos sedentários. É um atalho da trilha Peroba. Extensão: 800 m Tempo de percurso: 40 minutos, aproximadamente (ida e volta) Número de pessoas: MÍNIMO: 05; MÁXIMO: 15 crianças ou 25 adultos ATENÇÃO: Idade mínima para crianças participarem dessa trilha: 06 anos.

 

2) Aquário de Natal: R$ 15

O Aquário de Natal está localizado na Praia da Redinha e possui em média 60 espécies de animais, entre eles mamíferos, (macacos) répteis (tijuaçu, iguanas) anfíbios (rã), peixes de água doce (tambaqui, piranhas, pirarucu, etc), e de água salgada (tubarões, moréias, mero, etc). Aves (pingüins). A atração principal é o tanque de toque de tubarões, no qual os visitantes terão a possibilidade de passar a mão nas costas dos tubarões, sendo possível fotografar e filmar.

 

3) Maior Cajueiro do Mundo: R$ 6

Consagrado como ponto obrigatório de visitação turística do estado, a maior árvore frutífera do planeta, se localiza a cerca de 25 km de Natal/RN, na praia de Pirangi do Norte, o Maior Cajueiro do Mundo foi registrado no Guiness Book no ano de 1994. Segundo os habitantes mais velhos da região, a árvore tem aproximadamente 110 a 120 anos de existência. Do seu tronco original saíram dezenas de galhos que, por sua vez transformaram-se em outros verdadeiros troncos. O Cajueiro atualmente possui uma área de 8.500 m² , o que corresponde a um agregado de 70 cajueiros de porte normal, estima-se que se houvesse espaço para seu crescimento poderia alcançar 30 a 40.000 m² .

4) Passeio de barco em Ponta Negra: R$ 40

Outra opção que vem chamando a atenção dos nossos turistas são os passeios de barco na praia de Ponta Negra. O passeio custa em média R$ 40 e dura 1 hora.

5) Parapente na Via Costeira: R$ 80

Opção para os amantes de aventura, é praticar o parapente na Via Costeira. O passeio dura em média 40 minutos e custa em média R$ 80.

6) Stand up paddle na Praia de Ponta Negra: R$ 30

Prática que ganhou adeptos entre natalenses e visitantes, o surf com remo (Stand Up Paddle) fica na faixa dos R$ 30. A duração média é de 40 minutos.

7) Arvorismo e tirolesa em Pipa: R$ 80

Se você gosta de sentir friozinho na barriga, de se sentir um aventureiro e gosta da natureza, uma deliciosa atividade para se divertir é o arvorismo. Chamado também de arborismo ou verticália, o arvorismo é a passagem de uma copa de árvore à outra. A travessia é feita numa montagem de trilhas suspensas, passarelas, redes, tirolesas (é a maneira que alpinistas utilizam para transpor vales, canyons e obstáculos elevados e distantes entre si através de roldanas). A pessoa faz a travessia presa a cintos tipo cadeirinha, que desliza por um cabo e outras atividades suspensas, através de cordas e cabos de aço. Em Pipa, você encontra 10 estações, 11 pontes suspensas, sistema de cabo continuo, inicio trilha 890 metros desde a base recepção até início do sistema em meio a mata atlantica preservada, 01 pinguela (em meio a copa das árvores), 02 nepalesa, 03 sanfona, 04 passo chines, 05 ponte em v (vista panoramica mar), 06 poleiro, 07 pé de pato, 08 mista, 09 teia, 10 falsa baiana, 11 tirolesa 300 metros de voo sobre a mata.

8) Esquibunda e Aerobunda em Genipabu: R$ 10 (Cada)

Esquibunda é um outro nome para o sandboard, no entanto, na modalidade sentado. Natal ele também existe. As crianças preferem o esquibunda, que é mais seguro, afinal você não tem de se equilibrar em pé. E existe também o aerobunda, que é uma tirolesa que sai do alto de uma duna e cai no mar. Passeios imperdíveis.

9) Mergulho em alto mar em Natal: R$ Preço variável.

O mergulho a mar aberto permanece quase inexplorado pela maioria dos natalenses – que, possuem para isso um dos litorais mais privilegiados do país. Os pontos de mergulho em Natal são distantes da costa. Destacam-se o Arabaianinha, a 15 quilômetros, com 14 metros de profundidade, é um dos mais usados pelos iniciantes; Laje da Serra, com 27 metros, é usado para níveis mais avançados; a Laje da Criminosa, na beira de um canal de 45 metros de profundidade, com um paredão de recifes com oito metros de altura; e o Batente das Agulhas, com 16 metros de profundidade, embelezado por colunas fossilizadas semelhantes a troncos de árvore.

10) Trilhas e papel na Pedra da Boca, em Passa e Fica: R$ 7

Localizado entre os município de Passa e Fica/RN e Araruna/PB, o Parque Estadual de Pedra da Boca oferece uma grande variedade de trilhas desde leves caminhadas até trilhas com passagens com certo nível de dificuldade com a Garganta do Diabo ou a Gruta do Morcego. Pedra da Boca é bem conhecido pelos escaladores de todo o Brasil.

11) Escalada em Serra Caiada: R$ 25

A Serra Caiada, distante 70 km de Natal, é referência para muitos aventureiros que buscam a prática do montanhismo, dentre as quais se destaca a escalada e o rapel, uma vez que é possível desfrutar de diversas vias com diferentes graus de dificuldade. Trata-se de um monumento natural de 285m de altura, sendo uma das formações rochosas mais antigas da América do Sul, em média 3,4 bilhões de anos. Tal constatação foi feita através de geólogos em pesquisa no local, que detectaram a grande concentração de metais pesados existentes na rocha. É necessário acompanhamento de um guia treinado e especializado na prática e na área.

12) Passeios de Buggy com muita emoção, Genipabu: R$ Preço Variável

Em terra firme, os passeios a bordo dos buggys são uma tradição de Natal, considerada a capital deles, e merecem espaço na programação do visitante. Mas peça ao motorista uma volta “com emoção”. Esse é o código para imprimir velocidade nas descidas das dunas. O passeio começa, normalmente, às 08 e termina às 17h.

13) Casa de Câmara Cascudo: R$ 3

A Casa de Câmara Cascudo reúne o maior acervo do historiador, jornalista, antropólogo Luís da Câmara Cascudo, que lá residiu por cerca de 40 anos e produziu grande parte de sua obra. Presente no museu, estão dez coleções, além de toro acervo bibliográfico e documental do patrono. Curiosidades como paredes autografadas da bliblioteca, a precisa pinacoteca do escritor, além do mobiliário de época e coleção de comendas que recebeu ao redor do mundo, são algumas das atrações do espaço, que testemunha uma vida dedicada ao saber e a cultura de nosso país. O museu está localizado na Avenida Câmara Cascudo, 377, – na Cidade Alta, e está aberto de terça a sábado, das 09h às 17h. Preço do ingresso: R$ 3 (estudantes e maiores de 65 anos pagam meia). Alunos da rede pública e projetos sociais estão isentos do pagamento. Professores da rede particular, desde que acompanhados dos seus alunos, também são insentos do pagamento.

Endereço: Avenida Câmara Cascudo, 377, Cidade Alta

Horário de funcionamento: terça a sábado: 09h às 17h.

14) Forte dos Reis Magos: R$ 3

A Fortaleza da Barra do Rio Grande, popularmente conhecida como Forte dos Reis Magos ou Fortaleza dos Reis Magos, foi o marco inicial da cidade — fundada em 25 de Dezembro de 1599 —, no lado direito da barra do Potengi (hoje próximo à Ponte Newton Navarro). Recebeu esse nome em função da data de início da sua construção, 6 de janeiro de 1598, Dia de Reis, pelo calendário católico. Durante a visita, o interessado é acompanhado por um guia que detalha a construção do forte e a história de Natal e de todo o Rio Grande do Norte. Telefone: (84) 3202-9006.

Endereço: Praia do Forte.

Horário de visitação: Diariamente – 8:00 – 16:30h

Valor da entrada: R$ 3,00 (inteira), sendo 1,50 ( estudante)

15) Comer Ginga com Tapioca no Mercado Público da Redinha: R$ 5

O prato típico natalense mais famoso surgiu no Mercado Público da Redinha, praia da zona Norte de Natal. É a ginga com tapioca, criação da Dona Dalila, que hoje se tornou típico do mercado. A criação é dos anos 50 ou 60 e faz sucesso até hoje.

A ginga é um peixinho que é frito com óleo de dendê bem quente e servido em quantidade dentro da tapioca, que é feita a base de goma de mandioca.

 

16) Conhecer a maior estátua católica do mundo: Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz/RN

 

Maior estatua cristã do mundo, com 56 metros, Santa Rita de Cássia, no município de Santa Cruz, atrai fiéis e turistas. O Alto de Santa Rita fica no Monte Carmelo, às margens da BR-226 e do Rio Trairi. É a maior estátua de todo o continente americano, superando o Cristo Redentor em 18 metros. O santuário está localizado a três quilômetros do centro de Santa Cruz. A imagem pode ser observada de vários pontos do município, que tem cerca de 33 mil habitantes e está localizado a 110 km de Natal. Chamada de “A Madrinha dos Sertões” e conhecida como a santa das causas impossíveis, a Santa Rita de Cássia, segundo o padre Aerton Sales da Cunha, reitor do santuário, ganhou a fama pelos milagres que aconteceram em sua vida. Conta o religioso que Santa Rita era viúva e seus filhos tinham morrido quando ela entrou para um convento, que tradicionalmente só aceitava as virgens.

 

17) Árvore do Amor, em Barra de Maxaranguape

Localizado no litoral norte de Natal RN, ficando 47 km, o Cabo de São Roque é o local da costa brasileira mais próximo a costa do continente africano.  Além da beleza comum as outras praias como as dunas, essa praia tem falésias enormes com coqueiros e palmeiras, a famosa Árvore do Amor e o Farol de São Roque.  A Árvore do Amor é formada por uma união, resultado da força dos ventos, de duas árvores do tipo Gameleira. Os nativos dizem que o casal que se beijar embaixo do arco formado pelos troncos das árvores nunca irá se separar. Já o Farol do Cabo de São Roque, foi construído em 1898 e tem 32 metros de altura. 

18) Baía dos Golfinhos

Eleita a quarta praia mais bonita do Brasil, e a preferida pelos Golfinhos no RN, a Ponta do Madeiro ou Baía dos Golfinhos é ideal para quem quer um contato maior com esses mamíferos.  Aqui eles são os donos da casa e costumam receber seus visitantes con saltos e acrobacias. Lá, você poderá desfrutar de banhos tranquilos, praticar stand up, caiaque em alto mar.

19) Comer tapioca recheada

Elas são doces, são salgadas. Combinam com café da manhã ou no café da tarde. Podem ser recheadas ou simples (apenas cm coco), é lógico que estamos falando de nossas tapiocas recheadas. Dica gastronômica para este feriadão. 

20) Pôr do Sol no Potengi

Não poderíamos fechar a matéria se não com ele, um dos mais lindos pôr-do-sol do Brasil, o do Potengi. Parada obrigatória e por que não dizer mágica de nossa cidade?

 

Confira programação do Festival Varilux de Cinema, no Praia Shopping, até 16 de abril

Em sua quinta edição, as exibições vão até 16 de abril com exibição de 15 filmes inéditos no circuito nacional

 

O Moviecom, do Praia Shopping, é o palco do Festival Varilux de Cinema Francês 2014 em Natal. Em sua quinta edição, as exibições vão até 16 de abril com exibição de 15 filmes inéditos no circuito nacional dos mais variados gêneros e dos diretores de mais destaque.  Este ano, o festival chega a 45 cidades, num total de 70 salas de cinema espalhados pelo Brasil.

Os destaques da programação são: “O Passado”, de Asghar Farhadi; “Yves Saint Laurent”, de Jalil Lespert; “Uma Viagem Extraordinária”, de Jean-Pierre Jeunet; e o último vencedor do César (Oscar do cinema francês), “Eu, Mamãe e os Meninos”, de Guillaume Gallienne. Os horários são variados, das 13h10 às 21h50.

CURIOSIDADE: Pela primeira vez, o Festival Varilux exibirá um grande clássico francês, com ‘Os Incompreendidos’ (1959), de François Truffaut, projetado em versão digital restaurada, no âmbito da comemoração dos 30 anos da morte do diretor.

VEJA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA NO SITE OFICIAL DO EVENTO: www.variluxcinefrances.com

Veja a abaixo uma lista com os filmes que serão exibidos:
– A Grande Volta (La grande boucle)
– Antes do Inverno (Avant l’hiver)
– Eu, Mamãe e os Meninos (Les Garçons et Guillaume, à table!)
– Grandes Garotos (Les Gamins)
– Lulu, Nua e Crua (Lulu Femme Nue)
– O Amor é um Crime Perfeito (L’amour est un crime parfait)
– O Passado (Le passé)
– Os Incompreendidos (Les quatre cents coups)
– Suzanne (Suzanne)
– Um Amor em Paris (Folies Bergère | Paris Follies)
– Um Belo Domingo (Un beau dimanche)
– Um Plano Perfeito (Un plan parfait)
– Uma Juíza sem Juízo (9 mois ferme)
– Uma Relação Delicada (Abus de faiblesse)
– Uma Viagem Extraordinária (L’extravagant voyage du jeune et prodigieux T.S. Spivet)
– Yves Saint Laurent (Yves Saint Laurent)

Veja 13 passeios em Natal que custam até R$ 25

Por Gunther Guedes/Viver Natal

A equipe do Viver Natal selecionou 10 passeios em Natal que custam até R$ 25. Tem museus, trilhas, teatros e muito mais.

 

  • Trilhas no Parque das Dunas: R$ 2

O “Bosque dos Namorados”, área de uso público do Parque das Dunas, ocupa uma área aproximada de sete hectares, com mais de mil e trezentas árvores nativas da Mata Atlântica. No Bosque dos Namorados localizam-se a sede administrativa do Parque das Dunas, centro de visitantes, biblioteca, centro de pesquisas, viveiro, unidade de mostra de vegetação, anfiteatro pau-brasil, folha das artes, lago artificial, posto de comando ambiental, parque infantil e anel viário para atividades físicas e caminhadas.

Sobre as trilhas, existem três: Perobinha, Peroba e Ubaia Doce. As trilhas Peroba e Ubaia Doce cortam o Parque no sentido leste-oeste, saindo do Bosque dos Namorados e chegando até aos dois mirantes na Via Costeira onde é possível desfrutar de uma paisagem exuberante das praias e do Morro do Careca. O visitante que participa das trilhas tem com a ajuda de guias especializados e do policial ambiental, oportunidade de conhecer de perto toda a grandiosidade do ecossistema dunar, sua geologia, a fauna e a flora do parque. trilhas abertas ao público são as seguintes:

  1. Trilha Peroba: Recomendada para adolescentes e adultos. O portão de entrada dessa trilha está localizado no Bosque dos Namorados, e o percurso se estende até o mirante. Extensão: 2.400 m (ida e volta) Tempo de percurso: 1 hora e 30 minutos, aproximadamente (ida e volta) Número de pessoas: MÍNIMO: 05; MÁXIMO: 25 ATENÇÃO: Idade mínima para crianças participarem dessa trilha: 10 anos

 

  1. Trilha Ubaia-Doce: Recomendada para pessoas bem condicionadas fisicamente. O portão de entrada da trilha está localizado no Bosque dos Namorados, e o percurso se estende até o mirante. Extensão: 4.400 m (ida e volta) Tempo de percurso: 2 horas e 30 minutos, aproximadamente (ida e volta) Número de pessoas: MÍNIMO: 05; MÁXIMO: 25. ATENÇÃO: Idade mínima recomendada para crianças parciparem dessa trilha: 13 anos.

 

  1. Trilha Perobinha: Recomendada para crianças a partir de seis anos de idade e adultos sedentários. É um atalho da trilha Peroba. Extensão: 800 m Tempo de percurso: 40 minutos, aproximadamente (ida e volta) Número de pessoas: MÍNIMO: 05; MÁXIMO: 15 crianças ou 25 adultos ATENÇÃO: Idade mínima para crianças participarem dessa trilha: 06 anos.

Imagem

  • Casa de Câmara Cascudo: R$ 3

Localizada na Avenida Câmara Cascudo, 377, Centro, Natal/RN, O Instituto Ludovicus ou Casa de Luís da Câmara tem como principal objetivo a preservação, divulgação e gerência do patrimônio cultural do principal nome intelectual do estado do Rio Grande do Norte e um dos maiores folcloristas e historiadores do país. No espaço estão dez coleções, além de todo acervo bibliográfico e documental do patrono. Curiosidades como as paredes autografadas da biblioteca, a preciosa pinacoteca, o mobiliário de época e a coleção de comendas, são algumas das atrações da instituição, que testemunha uma vida dedicada ao saber e a cultura do Brasil.

Imagem

  • Aquário de Natal: R$ 15

O Aquário de Natal está localizado na Praia da Redinha e possui em média 60 espécies de animais, entre eles mamíferos, (macacos) répteis (tijuaçu, iguanas) anfíbios (rã), peixes de água doce (tambaqui, piranhas, pirarucu, etc), e de água salgada (tubarões, moréias, mero, etc). Aves (pingüins). A atração principal é o tanque de toque de tubarões, no qual os visitantes terão a possibilidade de passar a mão nas costas dos tubarões, sendo possível fotografar e filmar.

Imagem

  • Forte dos Reis Magos: R$ 3

O Forte dos Reis Magos marca o início da criação da cidade do Natal RN. Sua construção teve início no dia de Reis (6 de janeiro de 1598), e sua fundação aconteceu em 25 de dezembro de 1599, na praia do Forte, Via Costeira. Na visita, o turista é acompanhado por uma guia local que explica toda a história, fatos que marcaram o monumento. Visitação: 8h às 16h30. Endereço: Praia do Forte, Km 5. Taxa: R$ 3 (inteira) /  R$1,50 (estudante). Lembrando que idosos a partir dos 60 anos não pagam.

Imagem

  • Museu Câmara Cascudo: Gratuito

Museu de ciências naturais e antropológicas, mantido pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte localizado na Av. Hermes da Fonseca, em Tirol. Contém exposição de fósseis, sedimentologia, anatomia comparada, ambientes, ciclos de couro e da cana-de-açúcar, artes sacra e popular, arqueologia, indiologia e culto afro-brasileiro, além de peças relevantes da História de Natal e do Rio Grande do Norte. Terça à Sexta-feira: das 9h às 17h.

Imagem

  • Quinta Viva do Samba: Gratuito.

Quinta Viva do Samba, maior roda de samba do Nordeste, organizada pelo Grupo Arquivo Vivo e acontece todas as quintas na Praça André de Albuquerque, Centro Histórico de Natal, a partir das 19h. Entrada: gratuita.

  • Forró com Turista: R$ 25

Outra opção musical é o Forró com Turista, que acontece todas as quintas-feiras no Centro de Turismo Natal, o antigo presídio da cidade, tombado pelo Patrimônio Histórico, hoje o melhor sítio histórico da cidade. O pátio deste antigo presídio se torna a pista de dança, onde literalmente se faz jus ao nome do evento: Forró com Turista, pois pode acontecer à integração de turistas com os natalenses, além da grande participação de pessoas de todas as regiões do Brasil e normalmente de vários países, ao som de muito forró, muita dança, quadrilha improvisada e muita animação! Várias culturas se encontram no mesmo espaço com o mesmo objetivo: divertir, divulgar e bem receber todos que nos visitam! O Forró com Turista começa pontualmente às 22:00 horas e termina às 02h.

Imagem

  • Espaço Cultural Palácio do Potengi: gratuito

O Espaço Cultural Palácio do Potengi, conhecido também como Pinacoteca do Estado, é a antiga sede do Governo do Estado. É um espaço de exposições culturais e artísticas. Ainda guarda o mobiliário original dos tempos de Palácio. Endereço: Praça Sete de Setembro, Cidade Alta.

Imagem

  • Teatro Alberto Maranhão: gratuito

O Teatro Alberto Maranhão, inaugurado em 1910, recebe espetáculos locais e nacionais. É um lugar de incrível arquitetura com apresentações semanais, que já passou por algumas reformas desde a sua fundação. Visitação: Diariamente das 9h às 17h. Horários específicos em dias de espetáculo. Endereço: Praça Augusto Severo, S/N, Ribeira. Programação: http://www.teatroalbertomaranhao.rn.gov.br/agenda.html

Imagem

  • Maior Cajueiro do Mundo: R$ 6

Consagrado como ponto obrigatório de visitação turística do estado, a maior árvore frutífera do planeta, se localiza a cerca de 25 km de Natal/RN, na praia de Pirangi do Norte, o Maior Cajueiro do Mundo foi registrado no Guiness Book no ano de 1994. Segundo os habitantes mais velhos da região, a árvore tem aproximadamente 110 a 120 anos de existência. Do seu tronco original saíram dezenas de galhos que, por sua vez transformaram-se em outros verdadeiros troncos. O Cajueiro atualmente possui uma área de 8.500 m² , o que corresponde a um agregado de 70 cajueiros de porte normal, estima-se que se houvesse espaço para seu crescimento poderia alcançar 30 a 40.000 m² .

Imagem

 

  • Museu do Brinquedo: gratuito

Localizado no IFRN Cidade Alta, na Rua Rio Branco, o Museu do Brinquedo Popular abriga um acervo de cerca de 300 brinquedos e brincadeiras inventariados em mais de 60 municípios norte-rio-grandenses por uma equipe de pesquisadores do Curso de Tecnologia em Lazer e Qualidade de Vida do IFRN. Trata-se de vestígios materiais de uma cultura feita de múltiplos artefatos e modos de fazer: brinquedos sonoros e musicais (gaita de talo de mamoeiro), bonecos e acessórios (camas de quenga de coco, soldadinhos de castanho de caju), representações de animais (curral de ossos), miniaturas de utensílios domésticos (móveis de caixas de fósforo), armas (arapuca, arco e flecha), transportes (barcos e jangadas, breque ou guidom, trem de lata de sardinha) e os mais diversos jogos (carrapeta, pião, peteca, biloca, futebol de botão), etc. Visitação: Segunda a sexta, das 9h às 21h.

 

  • Passeio de barco em Ponta Negra: R$ 40

Outra opção que vem chamando a atenção dos nossos turistas são os passeios de barco na praia de Ponta Negra. O passeio custa em média R$ 40 e dura aproximadamente 40 minutos.

Imagem

 

  • Stand up paddle na Praia de Ponta Negra: R$ 30 (atualização)

Prática que ganhou adeptos entre natalenses e visitantes, o surf com remo (Stand Up Paddle) fica na faixa dos R$ 25. A duração média é de 40 minutos.

Imagem

Novos estagiários bilíngues começam a atuar nos CATs da Seturde

A Secretaria Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seturde) está recebendo mais 20 novos estagiários bilíngues que estarão em processo de treinamento para atuar nos seis CATs (Centro de Atendimento aos Turistas) e nos quatro postos fixos e dois volantes na capital. Os estagiários estão sendo encaminhados pelo IEL (Instituto Euvaldo Lodi) e até junho completam um total de 50 que estarão trabalhando na recepção dos turistas durante o período da Copa do Mundo de 2014.

Os estagiários que atuarão nos 12 Centros de Atendimento ao Turista e que passaram pelo treinamento, já começaram a ser selecionados.  O trabalho dos estagiários não se limitará apenas durante o período da Copa do Mundo, mas permanecendo após o evento. Os Centros de Atendimento ao Turista estarão localizados nas praias da Redinha, Forte, Meio, Artistas, Ponta Negra, na Cidade Alta, estádio Arena das Dunas,árvore de Mirassol. Já a Rodoviária de Natal, o Aeroporto Augusto Severo, Centro Histórico, Estação de passageiros do Porto de Natal, contarão com postos fixos, ficando dois postos volantes para os eventos que acontecerem no período da Fan Fest e durante a realização do 1º Festival Gastronômico Junino (na Praça Cívica). O treinamento está sendo realizado pelos técnicos da Seturde, com o apoio de transporte para visitar os pontos turísticos da capital, através Whell Tour.