Vamos passear? 20 dicas de passeios em Natal para a Semana Santa

Se você é natalense ou turista e está na Cidade do Sol, o nosso perfil selecionou algumas dicas fantásticas para aproveitar a nossa cidade ao máximo. Vamos lá!

1) Trilhas no Parque das Dunas: R$ 2

O “Bosque dos Namorados”, área de uso público do Parque das Dunas, ocupa uma área aproximada de sete hectares, com mais de mil e trezentas árvores nativas da Mata Atlântica. Sobre as trilhas, existem três: Perobinha, Peroba e Ubaia Doce. O visitante que participa das trilhas tem com a ajuda de guias especializados e do policial ambiental, oportunidade de conhecer de perto toda a grandiosidade do ecossistema dunar, sua geologia, a fauna e a flora do parque. trilhas abertas ao público são as seguintes:

Trilha Peroba: Recomendada para adolescentes e adultos. O portão de entrada dessa trilha está localizado no Bosque dos Namorados, e o percurso se estende até o mirante. Extensão: 2.400 m (ida e volta) Tempo de percurso: 1 hora e 30 minutos, aproximadamente (ida e volta) Número de pessoas: MÍNIMO: 05; MÁXIMO: 25 ATENÇÃO: Idade mínima para crianças participarem dessa trilha: 10 anos

Trilha Ubaia-Doce: Recomendada para pessoas bem condicionadas fisicamente. O portão de entrada da trilha está localizado no Bosque dos Namorados, e o percurso se estende até o mirante. Extensão: 4.400 m (ida e volta) Tempo de percurso: 2 horas e 30 minutos, aproximadamente (ida e volta) Número de pessoas: MÍNIMO: 05; MÁXIMO: 25. ATENÇÃO: Idade mínima recomendada para crianças parciparem dessa trilha: 13 anos.

Trilha Perobinha: Recomendada para crianças a partir de seis anos de idade e adultos sedentários. É um atalho da trilha Peroba. Extensão: 800 m Tempo de percurso: 40 minutos, aproximadamente (ida e volta) Número de pessoas: MÍNIMO: 05; MÁXIMO: 15 crianças ou 25 adultos ATENÇÃO: Idade mínima para crianças participarem dessa trilha: 06 anos.

 

2) Aquário de Natal: R$ 15

O Aquário de Natal está localizado na Praia da Redinha e possui em média 60 espécies de animais, entre eles mamíferos, (macacos) répteis (tijuaçu, iguanas) anfíbios (rã), peixes de água doce (tambaqui, piranhas, pirarucu, etc), e de água salgada (tubarões, moréias, mero, etc). Aves (pingüins). A atração principal é o tanque de toque de tubarões, no qual os visitantes terão a possibilidade de passar a mão nas costas dos tubarões, sendo possível fotografar e filmar.

 

3) Maior Cajueiro do Mundo: R$ 6

Consagrado como ponto obrigatório de visitação turística do estado, a maior árvore frutífera do planeta, se localiza a cerca de 25 km de Natal/RN, na praia de Pirangi do Norte, o Maior Cajueiro do Mundo foi registrado no Guiness Book no ano de 1994. Segundo os habitantes mais velhos da região, a árvore tem aproximadamente 110 a 120 anos de existência. Do seu tronco original saíram dezenas de galhos que, por sua vez transformaram-se em outros verdadeiros troncos. O Cajueiro atualmente possui uma área de 8.500 m² , o que corresponde a um agregado de 70 cajueiros de porte normal, estima-se que se houvesse espaço para seu crescimento poderia alcançar 30 a 40.000 m² .

4) Passeio de barco em Ponta Negra: R$ 40

Outra opção que vem chamando a atenção dos nossos turistas são os passeios de barco na praia de Ponta Negra. O passeio custa em média R$ 40 e dura 1 hora.

5) Parapente na Via Costeira: R$ 80

Opção para os amantes de aventura, é praticar o parapente na Via Costeira. O passeio dura em média 40 minutos e custa em média R$ 80.

6) Stand up paddle na Praia de Ponta Negra: R$ 30

Prática que ganhou adeptos entre natalenses e visitantes, o surf com remo (Stand Up Paddle) fica na faixa dos R$ 30. A duração média é de 40 minutos.

7) Arvorismo e tirolesa em Pipa: R$ 80

Se você gosta de sentir friozinho na barriga, de se sentir um aventureiro e gosta da natureza, uma deliciosa atividade para se divertir é o arvorismo. Chamado também de arborismo ou verticália, o arvorismo é a passagem de uma copa de árvore à outra. A travessia é feita numa montagem de trilhas suspensas, passarelas, redes, tirolesas (é a maneira que alpinistas utilizam para transpor vales, canyons e obstáculos elevados e distantes entre si através de roldanas). A pessoa faz a travessia presa a cintos tipo cadeirinha, que desliza por um cabo e outras atividades suspensas, através de cordas e cabos de aço. Em Pipa, você encontra 10 estações, 11 pontes suspensas, sistema de cabo continuo, inicio trilha 890 metros desde a base recepção até início do sistema em meio a mata atlantica preservada, 01 pinguela (em meio a copa das árvores), 02 nepalesa, 03 sanfona, 04 passo chines, 05 ponte em v (vista panoramica mar), 06 poleiro, 07 pé de pato, 08 mista, 09 teia, 10 falsa baiana, 11 tirolesa 300 metros de voo sobre a mata.

8) Esquibunda e Aerobunda em Genipabu: R$ 10 (Cada)

Esquibunda é um outro nome para o sandboard, no entanto, na modalidade sentado. Natal ele também existe. As crianças preferem o esquibunda, que é mais seguro, afinal você não tem de se equilibrar em pé. E existe também o aerobunda, que é uma tirolesa que sai do alto de uma duna e cai no mar. Passeios imperdíveis.

9) Mergulho em alto mar em Natal: R$ Preço variável.

O mergulho a mar aberto permanece quase inexplorado pela maioria dos natalenses – que, possuem para isso um dos litorais mais privilegiados do país. Os pontos de mergulho em Natal são distantes da costa. Destacam-se o Arabaianinha, a 15 quilômetros, com 14 metros de profundidade, é um dos mais usados pelos iniciantes; Laje da Serra, com 27 metros, é usado para níveis mais avançados; a Laje da Criminosa, na beira de um canal de 45 metros de profundidade, com um paredão de recifes com oito metros de altura; e o Batente das Agulhas, com 16 metros de profundidade, embelezado por colunas fossilizadas semelhantes a troncos de árvore.

10) Trilhas e papel na Pedra da Boca, em Passa e Fica: R$ 7

Localizado entre os município de Passa e Fica/RN e Araruna/PB, o Parque Estadual de Pedra da Boca oferece uma grande variedade de trilhas desde leves caminhadas até trilhas com passagens com certo nível de dificuldade com a Garganta do Diabo ou a Gruta do Morcego. Pedra da Boca é bem conhecido pelos escaladores de todo o Brasil.

11) Escalada em Serra Caiada: R$ 25

A Serra Caiada, distante 70 km de Natal, é referência para muitos aventureiros que buscam a prática do montanhismo, dentre as quais se destaca a escalada e o rapel, uma vez que é possível desfrutar de diversas vias com diferentes graus de dificuldade. Trata-se de um monumento natural de 285m de altura, sendo uma das formações rochosas mais antigas da América do Sul, em média 3,4 bilhões de anos. Tal constatação foi feita através de geólogos em pesquisa no local, que detectaram a grande concentração de metais pesados existentes na rocha. É necessário acompanhamento de um guia treinado e especializado na prática e na área.

12) Passeios de Buggy com muita emoção, Genipabu: R$ Preço Variável

Em terra firme, os passeios a bordo dos buggys são uma tradição de Natal, considerada a capital deles, e merecem espaço na programação do visitante. Mas peça ao motorista uma volta “com emoção”. Esse é o código para imprimir velocidade nas descidas das dunas. O passeio começa, normalmente, às 08 e termina às 17h.

13) Casa de Câmara Cascudo: R$ 3

A Casa de Câmara Cascudo reúne o maior acervo do historiador, jornalista, antropólogo Luís da Câmara Cascudo, que lá residiu por cerca de 40 anos e produziu grande parte de sua obra. Presente no museu, estão dez coleções, além de toro acervo bibliográfico e documental do patrono. Curiosidades como paredes autografadas da bliblioteca, a precisa pinacoteca do escritor, além do mobiliário de época e coleção de comendas que recebeu ao redor do mundo, são algumas das atrações do espaço, que testemunha uma vida dedicada ao saber e a cultura de nosso país. O museu está localizado na Avenida Câmara Cascudo, 377, – na Cidade Alta, e está aberto de terça a sábado, das 09h às 17h. Preço do ingresso: R$ 3 (estudantes e maiores de 65 anos pagam meia). Alunos da rede pública e projetos sociais estão isentos do pagamento. Professores da rede particular, desde que acompanhados dos seus alunos, também são insentos do pagamento.

Endereço: Avenida Câmara Cascudo, 377, Cidade Alta

Horário de funcionamento: terça a sábado: 09h às 17h.

14) Forte dos Reis Magos: R$ 3

A Fortaleza da Barra do Rio Grande, popularmente conhecida como Forte dos Reis Magos ou Fortaleza dos Reis Magos, foi o marco inicial da cidade — fundada em 25 de Dezembro de 1599 —, no lado direito da barra do Potengi (hoje próximo à Ponte Newton Navarro). Recebeu esse nome em função da data de início da sua construção, 6 de janeiro de 1598, Dia de Reis, pelo calendário católico. Durante a visita, o interessado é acompanhado por um guia que detalha a construção do forte e a história de Natal e de todo o Rio Grande do Norte. Telefone: (84) 3202-9006.

Endereço: Praia do Forte.

Horário de visitação: Diariamente – 8:00 – 16:30h

Valor da entrada: R$ 3,00 (inteira), sendo 1,50 ( estudante)

15) Comer Ginga com Tapioca no Mercado Público da Redinha: R$ 5

O prato típico natalense mais famoso surgiu no Mercado Público da Redinha, praia da zona Norte de Natal. É a ginga com tapioca, criação da Dona Dalila, que hoje se tornou típico do mercado. A criação é dos anos 50 ou 60 e faz sucesso até hoje.

A ginga é um peixinho que é frito com óleo de dendê bem quente e servido em quantidade dentro da tapioca, que é feita a base de goma de mandioca.

 

16) Conhecer a maior estátua católica do mundo: Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz/RN

 

Maior estatua cristã do mundo, com 56 metros, Santa Rita de Cássia, no município de Santa Cruz, atrai fiéis e turistas. O Alto de Santa Rita fica no Monte Carmelo, às margens da BR-226 e do Rio Trairi. É a maior estátua de todo o continente americano, superando o Cristo Redentor em 18 metros. O santuário está localizado a três quilômetros do centro de Santa Cruz. A imagem pode ser observada de vários pontos do município, que tem cerca de 33 mil habitantes e está localizado a 110 km de Natal. Chamada de “A Madrinha dos Sertões” e conhecida como a santa das causas impossíveis, a Santa Rita de Cássia, segundo o padre Aerton Sales da Cunha, reitor do santuário, ganhou a fama pelos milagres que aconteceram em sua vida. Conta o religioso que Santa Rita era viúva e seus filhos tinham morrido quando ela entrou para um convento, que tradicionalmente só aceitava as virgens.

 

17) Árvore do Amor, em Barra de Maxaranguape

Localizado no litoral norte de Natal RN, ficando 47 km, o Cabo de São Roque é o local da costa brasileira mais próximo a costa do continente africano.  Além da beleza comum as outras praias como as dunas, essa praia tem falésias enormes com coqueiros e palmeiras, a famosa Árvore do Amor e o Farol de São Roque.  A Árvore do Amor é formada por uma união, resultado da força dos ventos, de duas árvores do tipo Gameleira. Os nativos dizem que o casal que se beijar embaixo do arco formado pelos troncos das árvores nunca irá se separar. Já o Farol do Cabo de São Roque, foi construído em 1898 e tem 32 metros de altura. 

18) Baía dos Golfinhos

Eleita a quarta praia mais bonita do Brasil, e a preferida pelos Golfinhos no RN, a Ponta do Madeiro ou Baía dos Golfinhos é ideal para quem quer um contato maior com esses mamíferos.  Aqui eles são os donos da casa e costumam receber seus visitantes con saltos e acrobacias. Lá, você poderá desfrutar de banhos tranquilos, praticar stand up, caiaque em alto mar.

19) Comer tapioca recheada

Elas são doces, são salgadas. Combinam com café da manhã ou no café da tarde. Podem ser recheadas ou simples (apenas cm coco), é lógico que estamos falando de nossas tapiocas recheadas. Dica gastronômica para este feriadão. 

20) Pôr do Sol no Potengi

Não poderíamos fechar a matéria se não com ele, um dos mais lindos pôr-do-sol do Brasil, o do Potengi. Parada obrigatória e por que não dizer mágica de nossa cidade?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s