A Prefeitura do Natal fecha parceria com Instituto Moreira Salles para o Festival Literário

A Prefeitura do Natal começa a organizar os eventos do Natal em Natal 2014. O prefeito Carlos Eduardo esteve nesta terça-feira (20) na sede do Instituto Moreira Salles (IMS) no Rio de Janeiro e fechou uma parceria para a participação do IMS no Festival Literário em novembro. Será realizada durante o Festival uma exposição fotográfica de escritores brasileiros, o lançamento dos Cadernos de Literatura e uma mesa no Festival em homenagem aos cinco anos da revista Serrote. “O instituto nasceu há 22 anos e tem todo o interesse em ter uma relação mais direta com a literatura e de se espalhar pelo Brasil para não ficar com atuação restrita ao eixo Rio-São Paulo”, diz Flavio Pinheiro, superintende executivo do Instituto.

 Para o presidente da Fundação Capitania das Artes, Dácio Galvão, essa parceria irá dar mais consistência ao festival. “É uma instituição acostumada a participar de grandes festivais literários, em especial o de Parati, onde monta na Casa do IMS, com uma vasta programação”.

 Além da reunião no Instituto Moreira Salles, o prefeito Carlos Eduardo também teve um encontro com o jornalista e escritor Zuenir Ventura, que desde o início presta uma consultoria informal na formatação do festival, inclusive nos contatos com alguns dos autores convidados.

Algumas ideias surgiram da reunião como a realização de uma programação no sábado a tarde voltada ao público infantil e uma mesa destinada ao público juvenil com o convite a escritora Thalita Rebouças.

 O próprio Zuenir foi convidado pelo prefeito para voltar a Natal participar de uma mesa com o angolano Valter Hugo Mãe, repetindo a mesa realizada recentemente na Livraria Bertrand, em Lisboa.

 “Estamos iniciando desde já os convites e a organização do Festival Literário de Natal porque é importante o planejamento para assegurar datas e conseguir parcerias que ajudem a enriquecer culturalmente a programação do evento e nesse sentido a parceria com o Instituto Moreira Salles será muito importante para a cidade, bem como o apoio que temos de pessoas como os jornalistas Woden Madruga e Zuenir Ventura e o escritor Eucanaã Ferraz, consultor do IMS e que nos abriu as portas para essa parceria”, diz Carlos Eduardo.

 Acompanharam o prefeito nas reuniões no Rio de Janeiro o presidente da Funcarte, Dácio Galvão e o secretário de Comunicação, Heverton de Freitas.

 Instituto Moreira Salles

 Fundado em 1992 pelo embaixador e banqueiro Walther Moreira Salles (1912-2001), o Instituto Moreira Salles é uma entidade civil sem fins lucrativos que tem por finalidade exclusiva a promoção e o desenvolvimento de programas culturais. Seu acervo reúne cerca de 800 mil fotografias, 100 mil músicas (entre as quais, 25 mil gravações digitalizadas), uma biblioteca com 400 mil itens (quase 90 mil deles catalogados) e uma pinacoteca com mais de três mil obras. Entre as coleções desse conjunto, que são mantidas por meio das mais modernas técnicas de restauração e conservação, destacam-se as de Marc Ferrez, Marcel Gautherot, José Medeiros, José Ramos Tinhorão, Humberto Franceschi, Pixinguinha, Decio de Almeida Prado e Ana Cristina Cesar.

 O IMS possui três centros culturais, onde promove exposições, palestras, shows, ciclos de cinema e eventos. Na área editorial, além de livros e catálogos de arte, publica a série CADERNOS DE LITERATURA BRASILEIRA e duas revistas: a de ensaios serrote e a de fotografia Zum.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s