Estreia hoje o projeto “Segunda Oficial do Samba” em Natal

Um dos gêneros musicais mais afetados pela ignorância do público, ao ser confundido com o pagode, o samba está em alta em Natal. Por Roberta Sá, hoje uma referência nacional. Por Camila Masiso, cujo novo disco, Patuá, apresenta elementos reconhecíveis em vários sambistas. Por Valéria Oliveira, quase um estandarte, que lançou disco em homenagem a Clara Nunes (“Em águas claras”) e organizou o projeto Cores do Nosso Samba, encontro de artistas locais com nomes relevantes da cena carioca. E, agora, pela estreia do novo projeto Segunda Oficial do Samba, montado pelo cavaquinhista e compositor Marcos Souto, em parceria com o mossoroense André da Mata. A ideia é que às segundas-feiras, uma roda com músicos seja armada para fomentar uma cultura com vastas possibilidades de expansão. A abertura será nesta segunda-feira (08), no Armazém Hall, na Ribeira, às 19h. Preço: R$ 10,00.

A inspiração surgiu nas rodas de samba cariocas (as paulistanas e baianas também foram observadas). O compositor André da Mata reside no Rio de Janeiro e por lá viu a importância que esse tipo de evento tem para as comunidades e, sobretudo, para o mercado do samba. A 2500 km de distância daqueles morros e subúrbios míticos, aqui em Natal, Marcos pensava a mesma coisa. “Natal é a terra do forró. Samba não toca no rádio, não é um gênero fácil. Ele é mais poético, fala de histórias de amor com respeito, ao contrário do axé e do forró comercial, que banalizam isso. Todos dois bebem na fonte do samba. Temos um público pequeno, mas, por outro lado, fiel, como se o samba fosse por uma religião”, dimensiona Marcos, autodidata com 15 anos de experiência no meio – ele foi o idealizador da Quinta Viva do Samba, projeto que já atrai muita gente, às quintas-feiras, para a praça André de Albuquerque, na Cidade Alta.

Como o bebop, que reunia jazzistas depois do expediente que estes davam em grandes bandas que anivam festas em suntuosos salões da América do começo de século XX, o samba de roda às segundas-feiras tem a proposta de servir de encontro descontraído para os músicos, após o fim de semana de labuta com seus grupos originais. “Não usaremos o palco do Armazém Hall. Montaremos um tablado no meio do lugar, com o povo em volta, em contato direto com os músicos. Serão três horas dessa interação”. Marcos espera aproximadamente 600 pessoas, número animador para início de empreitada. No repertório, uma mescla entre tradição e novidades. “Na primeira hora, tocaremos clássicos de Cartola, Noel Rosa e outros compositores conhecidos. Na segunda, será a vez dos temas locais, com o trabalho autoral potiguar. E na última hora, o lado popular, com Fundo de Quintal e temas bem conhecidos do público”.

Oito músicos compõe a escalação titular do ‘primeiro jogo’. Além de André da Mata e Marcos Souto, ambos no cavaquinho, a roda terá Bruno Pessoa, no pandeiro, Gustavo Monte, no violão 7 cordas, Maurício Souto, no surdo, Sérgio Santies, na percussão geral, Thiago Guedes, também no cavaquinho e Wagner Faustinho, no rebolo. Uma vez por mês será convidado um músico de projeção nacional, para aumentar a visibilidade do projeto e da cena natalense. “Será como uma ressaca do final de semana, no dia da folga dos músicos. Na Segunda Oficial do Samba eles não terão obrigação de nada, serão livres para improviso. Aliás, tudo o que tocaremos será de improviso”, destaca Marcos. Com sua banda Arquivo Vivo (da qual fez parte até ano passado), ele tem no currículo abertura de shows de Almir Guineto e Neguinho da Beija-Flor, além de uma série de prêmios regionais.

Projeto Segunda Oficial do Samba fomenta a cultura na capital potiguar

Projeto Segunda Oficial do Samba fomenta a cultura na capital potiguar

Fonte: Portal JH | Conrado Carlos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s