Natal terá “Virada Poética” para marcar o Dia da Poesia

O poeta Chakal vai ser uma das atrações da Virada Poética de Natal

O poeta Chakal vai ser uma das atrações da Virada Poética de Natal

Natal terá este ano pela primeira vez uma Virada Poética para marcar o Dia Nacional da Poesia [data criada em homenagem a Castro Alves]. Nesta terça (3), o prefeito Carlos Eduardo e o secretário municipal de Cultura, Dácio Galvão, confirmaram a presença do poeta Chacal num recital com rodas de conversas na manhã do dia 14 de março, no Mercado de Petrópolis. “Natal tem essa tradição da poesia e a Prefeitura tem que ter uma programação que reúna nossos poetas e possa servir de canal para mostrarem seu trabalho”, afirma o prefeito. “Vamos provocar autores e gente inspirada, de várias gerações e vivências literárias, a refletir sobre a importância da poesia, trazendo-a para perto das pessoas. O objetivo é também divulgar os poetas da cidade, a escrita e a oralidade de suas produções”, completa Dácio Galvão.

A Virada Poética terá início no raiar do dia 13 de março, sexta-feira, e seguirá até o sábado, dia 14 de Março, instituído como o Dia Nacional da Poesia. No programa, a poesia vai “ocupar” vários espaços da cidade — a Fundação Capitania das Artes (Funcarte), o Mercado de Petrópolis, o Parque da Cidade/Memorial de Natal, o Terminal Rodoviário, as linhas de ônibus nas quatros Zonas de Natal e as Estações de Transferência — com saraus, debates, oficinas, homenagens, café com poesia, exposições, lançamentos de livros, poesia lambe-lambe, shows musicais e performances. A participação de poetas convidados de Natal e outros estados, coletivos, universidades,  editoras  independentes e poetas potiguares em torno de temas como poesia marginal, geração mimeógrafo, Palmyra Wanderley, poetas contemporâneos, poesia oral e poemúsica também fazem parte dos temas que serão abordados.

Na sexta dia 13, a programação será aberta com as “Estações de Poesia”, saindo da rodoviária, onde haverá recital de poesia com participação da Sociedade dos Poetas Vivos e Afins (SPVA) e contação de histórias nas Estações de Transferência.

Ainda pela manhã, haverá recitais em ônibus nas quatro regiões da cidade e, à tarde, no auditório da Funcarte, a apresentação a partir de poemas da obra da poetisa Palmyra Wanderley. A programação segue durante o restante do dia e vira a noite até a manhã do dia seguinte, quando acontece o tradicional café da manhã, que este ano será no Mercado de Petrópolis com o poeta Chacal e com Nicholas Behr, que vão falar sobre a poesia marginal.

A programação completa ainda está sendo fechada e será divulgada nos próximos dias.
FLIN


No encontro desta terça, o prefeito Carlos Eduardo também convidou Chacal para participar em novembro da edição deste ano do Festival Literário de Natal (FLIN), quando ele irá compor com Charles Peixoto, Ronaldo Santos e Bernardo Vilhena uma mesa para falar sobre os 40 anos da poesia marginal.

Secretaria Municipal de Comunicação -(84) 3232.8858

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s