Guarda Ambiental inicia projeto social com crianças carentes no Parque da Cidade

Foto: Assecom

O Grupo de Ação Ambiental da Guarda Municipal de Natal (GAAM), que funciona dentro do Parque da Cidade, deu início nessa segunda-feira (23) ao projeto social Agente Mirim Ambiental de Natal (Amana). Essa é a segunda edição do projeto, que visa acolher crianças carentes e em situação vulnerável, de 9 a 12 anos, do bairro Cidade Nova, que estejam matriculadas regularmente em escola pública.

“Nós escolhemos aquelas crianças que não estão inseridas em projetos sociais e cujas famílias estão desestabilizadas emocional e financeiramente, que estão em processo de vulnerabilidade”, explica a Guarda Ambiental, Luciana Lima, coordenadora do projeto. Iniciado no ano passado, o projeto Amana atendeu 30 crianças, de ambos os sexos, com orientações sobre o meio ambiente, higiene pessoal, cidadania, além de atividades esportivas e culturais.

Este ano, serão cerca de 60 crianças que virão para as atividades no Parque, no contra turno das escolas onde estudam. “Nós tratamos as crianças como uma pedra preciosa. No início do projeto pegamos a maioria em seu estado bruto, em termos de cidadania, e trabalhamos para burilar e dar brilho próprio a cada uma delas”, compara a Guarda Ambiental, Minora Araújo, uma das monitoras do Projeto Amana.

O objetivo é criar um vínculo entre as crianças e o Parque no sentido de formar agentes multiplicadores e cuidar da preservação da fauna e flora existente no local. “Antes da criação do projeto, algumas pessoas entravam no Parque da Cidade para destruir os objetos e matar passarinhos, além de usarem drogas”, explica Luciana. “Algumas delas passam por problemas seriíssimos em suas casas, no seio das famílias e aqui é uma espécie de fuga para elas”, conclui.

O Projeto AMANA funciona às segundas, quartas e sextas-feiras, das 7h às 11h e das 13h às 17h e conta com parcerias para a sua execução. As crianças inscritas, são acolhidas na portaria de Cidade Nova pelos monitores, recebem orientações de como se comportar dentro do Parque, conhecem as instalações, assistem palestras recebem lanches e fardamento que são fornecidos pelos parceiros. “Estamos assinando um convênio com a Semurb, que será nossa parceira e vai dar um grande reforço ao nosso trabalho”, comemora o Guarda Ambiental, Marconi Lucas, um dos monitores do Amana.

De acordo com a coordenadora, o GAAM estuda a execução de outro projeto para acolher adolescentes que saem do AMANA. “Nós queremos dar continuidade a esse trabalho do AMANA e não deixar os adolescentes desamparados enquanto não atingirem a fase adulta”, planeja Luciana.

O Parque da Cidade passou por uma reestruturação recentemente, principalmente na entrada pelo bairro da Cidade Nova e há um esforço conjunto de quem trabalha no Parque para a sua preservação, conservação e melhoria da qualidade de vida de quem mora nas suas imediações.

“Sempre que um evento é promovido pela iniciativa privada aqui no Parque, nós solicitamos uma contrapartida, revertida em favor da comunidade carente do entorno e outras ações que o Parque desenvolve”, esclarece Luciano Capistrano, coordenador de Educação Ambiental do Parque da Cidade. Para informações sobre o Parque ou agendamento de visitas, ligue 3232-3074 ou 3232-3207.

Fonte: Assecom

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s